fbpx
Cronograma de estudos: 4 ótimas dicas para fazer o seu!

Você sabe o que a maioria dos aprovados em concurso público tem em comum?

Organização.

Por isso, se você quer alcançar o seu objetivo por meio dos estudos, organização deve ser o seu primeiro passo.

E para isso, é vital que você faça um cronograma de estudos!

O cronograma de estudos é o melhor caminho para organizar o seu tempo.

Por meio dele, você vai descobrir inúmeras horas por semana em que poderia estudar e não sabia.

Tenho certeza que não vai ser um esforço em vão.

Diante desses motivos, se você ainda não montou o seu cronograma de estudos, seja por preguiça de elaborá-lo ou por não saber por onde começar, relaxa e não deixe de conferir esse guia de como fazer um cronograma de estudos!

Boa leitura!

1. Mapeando sua rotina

Mapeando sua rotina

Avalie sua semana mapeando todos os seus afazeres diários como sono, higiene pessoal, locomoção, trabalho, refeições, academia e outras atividades rotineiras.

Comece desde o momento em que você se levanta até a hora em que vai dormir, detalhando quanto tempo você leva para cada atividade que faz no dia a dia.

Garanto que, neste ponto, você terá uma nova visão sobre os pontos onde está desperdiçando tempo.

Identificando suas horas livres, você decidirá quantas horas por dia vai se dedicar para o estudo.

Programe-se para uma quantidade de horas que você sabe que conseguirá cumprir, pois caso coloque algo além do que consegue, vai acabar se frustrando e desistirá antes mesmo de ter começado.

Para facilitar o entendimento, segue um exemplo de como deve ser o seu cronograma de estudos:

Cronograma de estudos

2. Tempo de cada matéria

Tempo por matéria

Depois de definir quantas horas você vai estudar por dia e organizar seus horários de estudos, chegou a hora de organizar as matérias específicas do seu tão cobiçado concurso.

(Caso ainda tenha dúvida em qual concurso escolher, clique aqui para saber mais!)

Uma dica é se basear no último edital do concurso e separar as matérias que foram cobradas, provavelmente o próximo concurso deverá ter matérias bem semelhantes, senão todas iguais.

Pode ser que uma ou outra seja retirada ou incluída. No entanto, você só saberá quando o edital sair.

Portanto, sempre use o último edital daquele concurso como base!

Liste as matérias e separe-as de acordo com o seu conhecimento ou afinidade para com o seu conteúdo.

Reserve um tempo maior para aquelas matérias que você não sabe, não gosta ou acha que está fraco.

Na hora da prova, serão elas que farão a diferença!

Muitos concurseiros empurram com a barriga as disciplinas que não gostam.

Você deve fazer exatamente o contrário!

Foque nestas disciplinas, pois elas trarão o equilíbrio perfeito do seu aprendizado para você chegar bem preparado no dia da prova.

Portanto, comece a estudar pelas matérias mais “chatas”, dessa forma você utilizará o máximo de sua capacidade para aprendizagem.

O ideal é que você não estude mais do que 3 matérias por dia. Reserve de uma hora a uma hora e meia para cada matéria.

3. A importância do descanso

Descanso

“O cansaço gera perda de concentração e, consequentemente, reduz a produtividade e o rendimento dos estudos.”

Nunca se esqueça de que você é um ser humano, e não uma máquina. Você precisa de uma reposição diária de energia.

Logo, separe pelo menos um dia no cronograma de estudos para descanso e lazer com sua família e amigos.

Não faz bem à saúde ficar horas e horas estudando e você não terá o rendimento ideal que precisa.

Aproveite este dia de descanso como um momento de descontração, sem qualquer culpa.

Só não se deixe levar pelo ócio e lembre-se dos seus objetivos!

É de suma importância ter uma rotina também para seu descanso diário.

Tente dormir sempre nos mesmos horários e acordar cedo. Ao acordar cedo, seu dia rende muito mais e você se sentirá mais produtivo ao longo de todo o dia.

Portanto, inclua o repouso de todas as atividades como uma rotina padrão na sua vida e isso lhe acrescentará melhores resultados diários.

4. Dicas para aumentar o seu rendimento nos estudos

Rendimento nos estudos

Acorde uma hora mais cedo

O sacrifício vai valer a pena quando seu nome estiver no Diário Oficial! No fim do mês serão em média 30 horas de estudos a mais.

Estude no trânsito

Sabe aquele tempo de deslocamento que colocamos no cronograma de estudos?

Se o seu trajeto ao trabalho é feito por meio transporte público ou de carona, aproveite este tempo para ouvir conteúdos didáticos ou assistir a videoaulas.

Use o tempo da hora do almoço

É muito raro alguém levar uma hora para almoçar, não é verdade?

Por isso, assim que terminar o almoço, aproveite as horas restantes para revisar o conteúdo ou estudar aquela matéria que você tem afinidade.

Alimente-se bem

Não parece, mas a alimentação influencia bastante no funcionamento do cérebro.

Não sinta fome, isto pode influenciar negativamente no seu rendimento de estudos.

Também não coma em demasia, pois isto pode acarretar em problemas estomacais que também podem afetar no seu desempenho ao estudar.

Uma boa ideia é procurar um nutricionista para orientá-lo.

Exercícios Físicos

Por último, mas não menos importante, pratique atividades físicas!

Não se esqueça de colocar no seu cronograma de estudos um tempo para praticar exercícios.


O cronograma de estudos é, sem dúvidas, o passo inicial para você que quer a aprovação naquele concurso público que vai mudar sua vida!

Se você gostou deste artigo, deixe um comentário logo abaixo! Compartilhe conosco se você tem alguma dúvida, crítica ou sugestão.

No mais, bons estudos!

Créditos: Imagens – Designed by Freepik

Tags: | | |

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *