Estudar para concursos, por onde começar?

Viu aquele anúncio sobre o concurso “X”, ficou com vontade de estudar e não saber por onde começar? Fique tranquilo! Você não está sozinho. O mundo dos concursos, até para quem já tem alguma familiaridade, é algo complicado.

São tantos conteúdos disponíveis, tantas matérias para estudar, tantos cursinhos para escolher, que qualquer um outro que esteja chegando agora também ficaria perdido.

Assim, para facilitar um pouco mais a sua vida pelo menos nessa parte, isto é, de por onde começar, elencamos abaixo as 5principais dicas a que deve se ater na hora de fazer isso.

  1. Escolha uma carreira

Esta é uma parte fundamental e é ela que vai direcionar todo o restante das suas decisões. Você não pode pulá-la. Antes de fazer qualquer coisa, antes até mesmo de começar a estudar, escolha qual carreira você deseja seguir.

E isso por um motivo simples, o material que você usaria para estudar para carreiras policiais, por exemplo, pode, por vezes, ser totalmente diferente do que teria que usar para algum concurso de tribunais.

Sem contar, é claro, que a falta de um objetivo claro pode te levar a gastar muita energia de forma desnecessária. Como sabemos, o caminho mais rápido entre dois pontos é uma reta. Portanto, quanto mais curvas você fizer, mais tempo levará para chegar a onde deseja.

Assim, não tenha receio de gastar esse tempo inicial mapeando o que cada carreira tem a oferecer e busque descobrir com qual delas você melhor se identifica.

  1. Escolha um concurso específico

Agora que você já escolheu qual carreira vai seguir, chegou a hora de escolher também para qual concurso específico você vai prestar prova.

E só para você ter uma ideia, na área de carreiras administrativas, uma das mais diversificadas que há, é possível prestar prova para INSS, Banco Central, Ministério Público Federal, Tribunal Regional Eleitoral, ou seja, uma multiplicidade de opções.

Portanto, deixe bem claro, tendo em vista as opções disponíveis, para qual delas você vai começar a estudar. É informação repetida, mas não custa ressaltar, isto é, o material usado para uma pode ser totalmente diferente do usado para outra.

  1. Organize o seu material

Uma vez escolhido o concurso específico, agora chegou a hora de preparar o seu material. Para isso, você precisa levantar tudo que diz respeito a opção selecionada: últimos editais, provas anteriores, matérias cobradas, enfim, tudo.

Esse é o momento em que você se tornará um verdadeiro perito no que diz respeito ao concurso almejado. E como sabemos que isso pode ser algo um pouco chato e cansativo, caso não queira fazer tudo por conta, esse é um excelente momento para você contratar um bom cursinho preparatório.

Cursinhos como esses são excelentes não só porque te dão tudo já mastigado, como, ainda, fazem isso de diversas formas: apostilas, vídeos, áudios, simulados, enfim, toda a gama de materiais que você possa precisar.

  1. Organize o seu tempo

Quem é fã do anime Dragon Ball já deve ter se pegado desejando ter uma Sala do Tempo só sua, ou seja, uma sala na qual você pudesse entrar e que um ano lá equivalesse a apenas a um dia aqui.

Mas, fato é que nem você e nem ninguém tem uma sala dessas. A todos cabem as mesmas 24 horas para fazer tudo que se tem para fazer.

Dessa forma, organize o seu tempo. Estabeleça suas prioridades, o que de fato dá para fazer e o que você terá que deixar para depois. As séries da Netflix, por exemplo, sempre estarão por lá te esperando. Você não precisa “maratona-las” agora.

Assim, tire fora tudo que não é de fato relevante e remaneje todo esse tempo para os seus estudos. Quanto mais tempo tiver disponível para isso, mais rápida será a sua aprovação.

  1. Comece pelas básicas

Finalizando as nossas dicas, comece pelas básicas. Foi-se o tempo em que quem mandava no que diz respeito à aprovação eram as disciplinas de direito.

Hoje em dia praticamente todo mundo vai bem nessas matérias. A bola da vez agora é matemática, raciocínio lógico, informática, atualidades e português.

Assim, se no concurso selecionado por você cai alguma dessas ou todas elas, comece por aí. Acredite, no dia da prova fará toda a diferença. Só português será no mínimo 30% da sua prova.

Conclusão

Estudar para concurso é, sem dúvidas, uma tarefa difícil. É um verdadeiro submundo que se abre à frente de todo aquele que se propõe a seguir por esse caminho. Mas, vale a pena.

As recompensas advindas de uma aprovação, sem sombra de dúvidas, fazem valer a pena cada segundo gasto e cada sacrifício realizado para que isso fosse possível.

Nesse sentido, esperamos que as dicas aqui elencadas possam lhe ter úteis e que todo esse planejamento que você está realizando seja apenas o primeiro passo de uma longa jornada que só terminará quando você finalmente alcançar o seu objetivo pretendido.

Bons estudos!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.