fbpx
Método Cornell – Como estudar para concurso com esta técnica?

Já pensou em conquistar a vaga tão desejada em um concurso público de uma maneira produtiva e eficaz? A técnica do Método Cornell pode ajudar a alavancar os seus estudos rapidamente.

A princípio, essa estratégia foi criada em 1950 pelo estudioso Walter Pauk , um professor renomado da Cornel University. Inclusive, toda a sua pesquisa para melhorar a performance nos estudos deu origem a um livro, o Best-seller: “ Como estudar na Faculdade”.

Então, aproveite esta oportunidade para adquirir o conhecimento que te colocará à frente de seu concorrente. Saiba definitivamente neste artigo : O que é o Método Cornell, como ele pode ajudar no concurso público e a como fazer resumos utilizando esta técnica. Portanto, continue a leitura!

O que é o Método Cornell?

Com certeza, a sua curiosidade neste momento é em descobrir o que é o Método Cornell. Assim, esta estratégia consiste em esquematizar de forma organizada todas as anotações referentes à matéria estudada dentro do edital.

Dessa maneira, a tática a usar será pegar uma folha e dividi-la em duas colunas. Na primeira você escreverá todas as “palavras-chave” que fizerem lembrar as ideias principais do assunto. Já a segunda, será dedicada a fazer anotações das informações importantes conforme o tópico.

Inclusive, é necessário deixar no seu papel de estudos um espaço logo abaixo dos quadros, com aproximadamente 5 a 7 linhas, para fazer o resumo final sobre o seu entendimento do assunto.

Como o Método Cornell pode ajudar no concurso público?

O Método Cornell pode ajudar no concurso público auxiliando o seu cérebro a ter mais afinidade com os temas cobrados na prova. Sendo assim, você assimilará toda a matéria sem esforço, de maneira automática.

Com relação a este quadro anterior, é prudente evidenciar que após a anotação dos dois quadros é necessário aguardar 24 horas. Em seguida, depois deste prazo, releia as suas anotações e faça um breve resumo na parte final indicada na folha.

Dessa maneira, você entenderá e assimilará de modo eficaz o assunto abordado. Além disso, poderá fazer a sua prova sem nenhum tipo de medo ou dificuldade, já que todos os tópicos importantes estarão fresquinhos na sua mente.

Como fazer resumos ?

Fazer resumos com o Método Cornell não é complicado. Primeiramente, separe o tópico do seu edital a ser estudado. Sequencialmente, coloque-o como tema principal na primeira linha da folha.

Após, crie a primeira coluna do lado esquerdo e outra do lado direito, ambas no sentido vertical. Logo no final, faça mais uma divisão, porém no sentido horizontal. Resumidamente, ela deve seguir este modelo:

método cornell

Bom, certamente, agora pode surgir a dúvida sobre como preencher este quadro. Então, siga estas dicas mencionadas abaixo:

Título da matéria a ser estudada: escreva nesta linha o título da disciplina a ser estudada, como por exemplo: concordância verbal.

Ideias principais: Selecione nesse tópico as ideias principais que lembram o título, ou seja as palavras-chaves correlacionadas.

Informações relevantes: Anote com suas palavras todas as informações relevantes pertinentes ao assunto.

Resumo final: após o período de 24 horas, releia o seu quadro e faça um resumo dos tópicos abordados, conforme o seu entendimento sobre o assunto.

Concluindo

Em suma, o Método Cornell é uma excelente ferramenta para estudar para concursos públicos. Se você deseja aprofundar ainda mais sobre como se preparar de forma eficaz para tomar posse do seu cargo, confira aqui a nossa matéria sobre “Erros que você pode estar cometendo na hora de estudar para concursos”.

Tags: | | | | |

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *